até 6x sem juros

RS: consulte entregas*

5% OFF no Pix

cupom: CHEGUEIPRAFICAR

Chardonnay ou Sauvignon Blanc: qual uva é melhor?

chardonnay sauvignon blanc

Separamos as semelhanças e diferenças entre duas das uvas brancas viníferas mais famosas do mundo, Chardonnay e Sauvignon Blanc. Confira qual mais combina com seu paladar!

Se você chegou até aqui, provavelmente já sabe que a Chardonnay e a Sauvignon Blanc são duas das uvas mais populares do mundo, e que as castas produzem alguns dos vinhos brancos mais apreciados pelos brasileiros. Mas, afinal, o que diferencia as duas variedades? É possível falar que uma é melhor que a outra? A seguir, responderemos isso e muito mais.

Assim sendo, para te ajudar a escolher qual mais combina com você, decidimos comparar as uvas através de suas origens, principais países produtores, características, aromas comuns, características gustativas e harmonizações recomendadas. Vamos lá?

Origem

chardonnay sauvignon blanc

A uva Chardonnay é originária da região da Borgonha, na França, onde é cultivada há séculos. Já a uva Sauvignon Blanc é autóctone do Vale do Loire, também na França, remontando há mais de 500 anos (séc. XVI). Aqui, vale mencionar que alguns pesquisadores, uma minoria, defendem que a Sauvignon Blanc seria nativa de Bordeaux.

Ancestrais

Originalmente a Chardonnay era chamada de Chardenet, Chardonnet ou Chardenay. O nome que conhecemos hoje não era comum até o século XX. Testes de DNA mostraram que esta uva é um cruzamento natural entre a Pinot e a Gouais Blanc. A Sauvignon Blanc, por outro lado, descende de um cruzamento da uva Savagnin e mais uma variedade que, até o momento, é desconhecida.

Principais países produtores

Hoje, a Chardonnay é cultivada em todo o mundo, com destaque para França, Estados Unidos, Austrália, Chile e África do Sul. Já a Sauvignon Blanc, é mais comumente encontrada na França (principalmente no Vale do Loire e em Bordeaux), Nova Zelândia, Argentina, Chile e África do Sul.

Aromas comuns

chardonnay

Os vinhos da Chardonnay costumam ter aromas de maçã verde, pera, pêssego e abacaxi. Se for um Chablis, por exemplo, a mineralidade tende a se destacar. Os de Sauvignon Blanc geralmente apresentam notas de limão, lima, grapefruit, maracujá, ervas e, em alguns casos, grama cortada.

Características gustativas

No paladar, a Chardonnay resulta em vinhos ligeiramente mais encorpados, apresentando sabores de frutas brancas maduras e presença amanteigada, especialmente quando passam por amadurecimento em barrica. A Sauvignon Blanc, por sua vez, garante um caráter mais refrescante, com acidez viva e sabores de frutas cítricas, como limão e lima, e notas herbáceas.

Harmonizações recomendadas

A Chardonnay combina bem com frutos do mar, especialmente caranguejos, lagostas e vieiras, bem como com aves, como frango e peru. A Sauvignon Blanc combina bem com frutos do mar mais leves, como camarão e vieiras, além de saladas e queijos de cabra.

Resumindo…

No geral, um vinho produzido da Chardonnay tende a ser mais encorpado e rico em aromas do que o Sauvignon Blanc, com uma textura cremosa e notas de baunilha, se produzido em barricas de carvalho. Já um de Sauvignon Blanc é mais leve e ácido, com notas herbáceas e cítricas e menos influência da madeira.

Na prática, ambos as castas são excelentes escolhas, dependendo do seu estilo e preferências pessoais. Que tal decidir provando as duas variedades? Separamos opções de alguns países para você experimentar:

Argentinos

Porteño Chardonnay

Vinho elaborado com uvas Chardonnay de Mendoza, o Porteño apresenta aromas de frutas brancas, como maçã verde, e tropicais, como abacaxi, típicos de Chardonnay jovem da Argentina. No paladar, possui boa estrutura e equilíbrio, além de saboroso final.

Santa Julia Colección Sauvignon Blanc

Um Sauvignon Blanc de Mendoza, este vinho branco apresenta notas cítricas e de vegetais, como toranja, aspargos e grama recém-cortada. É um rótulo de grande tipicidade, além de ser frutado e ter acidez destacada.

Chilenos

Céfiro Cool Reserve Chardonnay

Diretamente do Vale de Casablanca, este vinho Chardonnay possui aromas de frutas tropicais, como abacaxi e banana, além de notas de baunilha e tostado. No paladar, apresenta corpo médio, acidez pungente, e um final frutado e bem balanceado.

Céfiro Cool Reserve Sauvignon Blanc

Produzido com a uva Sauvignon Blanc, este vinho branco do Vale de Casablanca possui aromas de frutas brancas e amarelas, como tangerina e abacaxi, e notas de menta. No paladar, é especialmente refrescante e balanceado, apresenta sabores frutados e minerais, além de uma boa estrutura e um final longo e persistente.

Franceses

Bourgogne Hautes Côtes de Nuits

Vinho branco elaborado com a uva Chardonnay, na Hautes Côtes de Nuits, na Borgonha. A fermentação é tradicional e o vinho amadurece entre 8 e 16 meses em barricas de carvalho francês, sobre as borras. Apresenta uma mineralidade expressiva, que é equilibrada pelas notas frutadas com toques tostados, além de um amanteigado característico do amadurecimento.

Château Doisy-Daëne Grand Vin Sec

Vinho Sauvignon Blanc que expressa toda a distinção e a elegância do seu terroir excepcional em Bordeaux, na França. Elaborado na Domaine Denis Dubourdieu, o vinho apresenta aromas elegantes de frutas tropicais, com destaque para a excelente mineralidade. A acidez também se destaca neste rótulo, somada aos sabores que remetem a peras e especiarias. A fermentação acontece em barricas e depois o vinho amadurece por 12 meses, também em carvalho.

Quer mergulhar ainda mais no universo dos vinhos? Acesse o nosso blog!