até 6x sem juros

RS: consulte entregas*

5% OFF no Pix

cupom: CHEGUEIPRAFICAR

Qual é a diferença entre degustação horizontal e vertical de vinhos?

Você já ouviu falar em degustação horizontal e vertical? Esses tipos de degustação têm diferenças importantes e podem tornar sua jornada com o vinho ainda mais interessante!

Há algumas semanas, explicamos como funciona uma degustação às cegas e ensinamos como você poderia fazer na sua casa. O sucesso da matéria foi tão grande que decidimos aprofundar ainda mais nos temas relativos às degustações, diferenciando, especialmente, seus tipos e dando algumas opções para você experimentar. Vamos lá?

Inicialmente, temos que entender que as degustações de vinhos podem ser divididas em duas categorias: a horizontal e a vertical. De forma resumida, o que as diferencia é exatamente os vinhos que serão apreciados.

Degustação horizontal: vinhos iguais, mas diferentes

Uma degustação horizontal ocorre quando vinhos de uma mesma safra são degustados juntos, permitindo, assim, comparar rótulos de diferentes vinícolas ou regiões que foram produzidos em determinado ano.

Certo, talvez você se pergunte o porquê de realizá-la. Qual é o sentido, afinal? Esta modalidade de degustação nos ajuda a entender e experimentar como técnicas diferentes de produção, variedades de uva e terroir afetam as nuances do vinho. Poderíamos, por exemplo, fazer uma prova de vinhos tintos cuja uva Cabernet Sauvignon fosse a protagonista, degustando rótulos de diferentes produtores, mas da mesma região, o que garante uma comparação mais verdadeira.

Agora, só tem um jeito de realmente entender como esta experiência funciona. Que tal seguir nossas sugestões e fazer você mesmo?

Vinhos Sauvignon Blanc de 2020

Um bom jeito de começar uma degustação horizontal é com vinhos brancos. Por isso, destacamos alguns vinhos Sauvignon Blanc produzidos em 2020, de diferentes regiões e produtores. Segue a nossa seleção: Santa Julia Colección Sauvignon Blanc, Las Condes Varietal Sauvignon Blanc, Carolina Reserva Sauvignon Blanc, e Nederburg The Winemaster’s Sauvignon Blanc. Faça o teste e conte para a gente!

Vinhos Argentinos Malbec de 2021

Para continuar, selecionamos rótulos de uma das uvas mais amadas pelos brasileiros, a Malbec. Escolhemos, nesse sentido, vinhos argentinos da casta produzidos em 2021, em diferentes terroirs da região de Mendoza. A lista inclui o Sexy Fish Malbec, o Alambrado Etiqueta Negra Malbec e o Alfredo Roca Fincas Malbec. A ideia é que você anote as características de cada um deles e, mais que isso, as diferenças. E o mais legal de tudo é que dá para fazer às cegas ou não, cabe a você escolher!

degustação

Degustação vertical: o mesmo vinho, diferentes safras

Diferentemente, a degustação vertical é feita para comparar diferentes safras de um mesmo vinho. Na prática, isso ajuda a entender como o clima e as condições do solo afetam os sabores, os aromas e a qualidade da bebida. Vamos a um exemplo?

Château Caronne

Tem jeito melhor de perceber as nuances de diferentes safras do que com um francês? A nossa sugestão é o Château Caronne, um vinho de cor púrpura intenso, muito rico em aromas, com muita fruta vermelha e negra, compota, notas de carvalho e tabaco e um toque de mel. No paladar, ele é seco, jovem, com taninos presentes, porém macios, acidez equilibrada e agradável com final persistente. Para começar, indicamos o Château Caronne Ste. Gemme 2015 e, para comparar, o Château Caronne Ste. Gemme 2016. Mesmo com apenas um ano de diferença, existem características diferentes entre eles, o que sempre vai existir entre vinhos franceses que sejam elaborados de maneira mais artesanal como estes. Na degustação vertical, é recomendado sempre começar pelo vinho mais velho!

Se você fizer um dos testes, conte para nós! Ah, é sempre bom lembrar que as safras dos vinhos indicamos podem mudar com o tempo.