até 6x sem juros

RS: consulte entregas*

5% OFF no Pix

cupom: CHEGUEIPRAFICAR

Vinho Reservado, Reserva ou Reserva Superior? Entenda!

Os vinhos chilenos apresentam uma série de classificações. Entenda, na prática, cada uma delas e qual mais combina com o seu paladar!

Quando nos aventuramos pelo mundo dos vinhos chilenos, é comum nos depararmos com termos como “Reservado”, “Reserva”, e “Reserva Superior” nas garrafas, a exemplo da nossa linha de vinhos Trapecista. Essas designações representam diferentes regras de produção, o que naturalmente também afeta as características dos vinhos. Pensando nisso, vamos mergulhar nessa diferenciação e explorar os segredos por trás de cada uma das classificações.

Reservado: a expressão da essência chilena

reservado
Vinho tinto sendo servido (Foto: Reprodução/Andrea Piacquadio)

A designação “Reservado” é uma característica distintiva dos vinhos chilenos e representa a essência da viticultura do país. Na prática, a expressão é comercialmente utilizada pelos produtores em seus rótulos como marca. A decisão de utilizar a denominação “Reservado” depende unicamente da estratégia da vinícola e não está relacionada a nenhum método de produção específico.

Os vinhos “Reservado” chilenos são conhecidos por seus sabores característicos e caráter frutado marcante. Eles refletem o terroir do Chile, com uma mistura de influências climáticas, solo e altitude. Para nós, o mais importante é entender que esses vinhos costumam ser jovens e vibrantes, oferecendo notas de frutas frescas e vivacidade.

Agora que você já sabe o que caracteriza um “Reservado”, que tal experimentar na prática? Confira nossas dicas de vinhos com excelente custo-benefício:

Trapecista Reservado Chardonnay

Produzido no Vale Central, este vinho branco chileno apresenta aromas de frutas tropicais, como banana, pêssego e pera. No paladar, é equilibrado e tem caráter bastante frutado.

Trapecista Reservado Cabernet Sauvignon

Vinho tinto de aromas de frutas escuras, como cerejas. Em boca, apresenta ótimo equilíbrio, com taninos macios e maduros.

Trapecista Reservado Carmenère

Produzido com a uva mais famosa do Chile, este vinho apresenta aromas de frutas vermelhas frescas, com notas de ameixas em compotas e pimentas. É equilibrado, com taninos macios e adocicados.

Reserva: o refinamento que se revela

Barricas de carvalho utilizadas para amadurecimento dos vinhos (Foto: Reprodução/Ion Ceban)

A designação “Reserva” é amplamente utilizada em todo o mundo dos vinhos para indicar que determinado rótulo passou por estágio em carvalho. No contexto dos vinhos chilenos, essa categoria denota vinhos que passaram por um período de envelhecimento, geralmente em barricas, antes de serem engarrafados. Esse processo adiciona complexidade e refinamento ao vinho, proporcionando uma experiência mais sofisticada.

Os vinhos “Reserva” chilenos são conhecidos por sua expressão frutada, equilíbrio e estrutura aprimorada. Eles tendem a apresentar taninos mais suaves e uma acidez bem integrada, combinada com aromas e sabores intensos de frutas maduras.

Conheça alguns dos nossos vinhos “Reserva” do Chile e experimente na sua casa:

Trapecista Reserva Sauvignon Blanc

Fresco e com ótima acidez, este vinho apresenta aromas de frutas como limão, com notas florais.

Trapecista Reserva Pinot Noir

Vinho tinto de aromas de groselha e notas florais. No paladar, é elegante e equilibrado, com taninos macios.

Trapecista Reserva Cabernet Sauvignon

De taninos maduros e macios, Estevinho tinto apresenta aromas de groselha e cerejas pretas. Experimente!

Reserva Superior: a expressão da excelência chilena

reservado reserva
Rolhas com a inscrição “Chile” posicionadas acima de uma garrafa de vinho (Foto: Reprodução/Adobe Stock)

A categoria “Reserva Superior” representa toda a qualidade que os vinhos chilenos têm para oferecer. Esses vinhos são selecionados e passam por um cuidadoso processo de produção. Eles são resultado de uvas provenientes de vinhedos de destaque e colhidas no momento ideal de maturação.

Justamente por passarem por estágio em carvalho, assim como os “Reserva”, exibem maior complexidade, combinando camadas de sabores e aromas sofisticados, além de apresentarem taninos sedosos e bem integrados. Experimente os nossos “Reserva Superior”:

Trapecista Reserva Superior Pinot Noir

Apresenta aromas de frutas vermelhas, como ameixas, além de notas de tabaco. Em boca, é elegante, com bom equilíbrio e taninos macios. Estagia por 8 meses em barrica de carvalho.

Trapecista Reserva Superior Cabernet Sauvignon

Vinho complexo com aromas de frutas e notas de avelã e chocolate. No paladar, é poderoso e concentrado, com taninos elegantes. Estagia por 8 meses em barrica de carvalho.

Trapecista Reserva Superior Carmenère

Elegante e frutado, com toques de cereja, ameixa, chocolate e pimentas. Apresenta grande equilíbrio entre madeira e fruta, elegante e intenso. Também estagia por 8 meses em barrica de carvalho.

Explorando o encanto dos vinhos chilenos

vinho chileno
Vinhedo no Chile (Foto: Reprodução/Adobe Stock)

Através das categorias de “Reserva”, “Reservado” e “Reserva Superior”, os vinhos chilenos nos convidam a mergulhar em sua rica diversidade e qualidade. Cada uma dessas designações traz características distintas, oferecendo uma experiência única aos apreciadores de vinho.

Lembre-se sempre de que o melhor vinho é aquele que você aprecia e que desperta suas emoções. Experimente, descubra suas preferências pessoais e brinde às maravilhas que o mundo dos vinhos tem a oferecer. Saúde!

Quer mergulhar ainda mais fundo no universo dos vinhos? Acesse o nosso blog!