até 6x sem juros

envio para todo Brasil

5% OFF no Pix

cupom: CHEGUEIPRAFICAR

Vinhos do Líbano: conheça o icônico Château St. Thomas

Entenda a tradição vinícola do Líbano e descubra as características únicas que tornam seus vinhos tão especiais. Confira!

Quando falamos em tradição vinícola, dificilmente pensamos em países que estejam foram do circuito europeu. Porém, acredite se quiser, o Líbano é um país que tem uma das relações mais longas com o fermentado de uva, com evidências de vinhas e produção que datam de mais de 5.000 anos atrás. Na verdade, sua trajetória é intrinsecamente ligada à história do próprio vinho em si.

Historicamente, o país tem sido um importante centro de comércio de vinho, especialmente durante o período romano. Segundo historiadores, os romanos apreciavam muito os vinhos libaneses, e as vinhas locais foram cultivadas em grande escala para abastecer a demanda do Império. No entanto, a produção do Líbano passou por altos e baixos ao longo dos séculos, dependendo das condições políticas e econômicas.

No final do século XIX, por exemplo, a produção de vinhos sofreu grandes transformações com a chegada dos jesuítas franceses, que trouxeram consigo técnicas de produção de vinho modernas e sofisticadas diretamente de Bordeaux. Eles também construíram a primeira vinícola moderna do Líbano, o Château Ksara, em 1857. A partir daí, outras vinícolas foram fundadas no país, caso do premiado Château St. Thomas, que acaba de chegar ao portfólio da Grande Adega!

vinhos libaneses

Hoje, o Líbano é conhecido por produzir vinhos de alta qualidade, com características distintas e únicas. Além das variedades de uvas utilizadas na produção de vinho, o clima e o solo do Líbano também contribuem para as características únicas de seus vinhos. O solo local é em grande parte formado por calcário, o que contribui para a acidez e a mineralidade da bebida.

Nesse sentido, é importante destacar que os vinhos libaneses são produzidos principalmente em duas regiões distintas: o Bekaa Valley e Batroun. Reconhecido internacionalmente, o Bekaa Valley é uma área montanhosa localizada a leste, entre as montanhas do Líbano e do Antilíbano, enquanto Batroun está localizada na costa do Mediterrâneo, ao norte de Beirute.

O Bekaa Valley, em particular, é famoso por seus vinhos tintos encorpados e robustos, feitos principalmente com as uvas Cabernet Sauvignon, Merlot e Syrah, sendo exatamente nele a sede do Château St. Thomas.

Sofisticação e qualidade, conhecendo os vinhos do Château St. Thomas

Fundado em 1990 por Saïd Touma e sua família, o Château St. Thomas está localizado em uma colina com vista para o Vale de Bekaa, no Líbano, em uma região histórica conhecida por produzir grandes vinhos desde a época dos romanos. A tradição vinícola da família remonta a 1888 e paixão pela vitivinicultura foi passada de geração em geração. O Château St. Thomas também é conhecido por introduzir a produção de Pinot Noir no Líbano, sendo a maior referência no país quando o assunto é a casta!

Atualmente, Saïd Touma e seu filho Joe-Assaad são os responsáveis pela produção de vinhos de alta qualidade. Joe-Assaad é um agrônomo e enólogo formado na França, com uma filosofia de trabalho que busca obter vinhos de máxima qualidade a partir do terroir excepcional do Vale de Bekaa. Ele respeita a natureza com uma abordagem moderna de vinificação, buscando criar vinhos equilibrados, ricos e com aromas frescos.

vinhos do líbano

Ah, uma curiosidade interessante é que a propriedade foi construída nas proximidades das ruínas de um templo romano milenar, construído em homenagem a Baco, deus romano dos vinhos e festas!

Experimente os vinhos libaneses do Château St. Thomas!

Château St. Thomas Les Gourmets Blanc

Um vinho branco especialmente refrescante e agradável! Diretamente do Líbano, o Château St. Thomas Les Gourmets Blanc apresenta notas de frutas brancas, como abacaxi e pêssego, refletindo as nuances de um terroir excepcional.

Château St. Thomas Chardonnay

Um vinho branco de muita presença, o Château St. Thomas Chardonnay possui aromas que lembram abacaxi e goiaba, com notas de baunilha e amêndoas torradas. No paladar, remete a frutas maduras, tem acidez marcante e final persistente. O vinho amadurece em barricas sur lies por 6 meses.

Château St. Thomas Les Gourmets Rosé

Um vinho rosé de aromas intensos de frutas vermelhas, como morango e groselha. No paladar, este vinho libanês é especialmente fresco e frutado. Experimente!

Château St. Thomas Les Gourmets Rouge

Intenso e complexo, este vinho tinto do Líbano possui aromas que lembram eucalipto, com notas de especiarias. É a escolha perfeita para acompanhar cozinha libanesa ou mediterrânea, além de massas.

Château St. Thomas Les Emirs

Um vinho tinto muito encorpado e elegante, este libanês apresenta aromas intensos de frutas que lembram cereja preta, com notas de baunilha, especiarias e alcaçuz. O rótulo amadurece por 12 meses em barris de carvalho e depois estagia em garrafas por 6 a 8 meses.

Château St. Thomas Pinot Noir

O ícone do Château St. Thomas, este vinho tinto é produzido com uvas Pinot Noir de videiras com mais de 15 anos, localizadas a 1.200 metros de altitude. Seus aromas lembram morangos, com notas de tabaco e especiarias. Elegante, de acidez equilibrada e carácter excepcional de frutos vermelhos e especiarias.

Château St. Thomas

Encorpado e de grande personalidade, o Château St. Thomas possui aromas complexos que lembram alecrim, gengibre e chocolate. No paladar, destacam-se os taninos macios e a longa persistência. O vinho tinto amadurece por 18 meses em barricas de carvalho francês e, posteriormente, estagia por 10 a 12 meses em garrafa.

Château St. Thomas Le Merlot A

A expressão máxima do Bekaa Valley, este vinho tinto é elegante e muito equilibrado. As videiras de Merlot que produzem o rótulo têm mais de 20 anos e estão a 1.000 metros de altitude. Possui aromas complexos de ameixas, chocolate, canela e couro. Amadurece 10 meses em barricas de carvalho francês.

Quer mergulhar ainda mais no universo dos vinhos? Acesse o nosso blog!