Champagne Mandois

Visualizar

Os premiados champagnes Mandois

A Maison Mandois é uma das mais antigas e prestigiadas produtoras de Champagne, com uma história que remonta a 1735, quando a família Mandois comprou terras na região de Champagne, nas encostas de Epernay. Desde 1860, os descendentes da família se dedicam à produção e comercialização de vinhos espumantes de alta qualidade, seguindo a tradição e a excelência das grandes Casas de Champagne. A vinícola está localizada em Pierry, uma vila da Côte des Blancs, e possui 35 hectares de vinhedos próprios, onde são cultivadas as três variedades autorizadas pela legislação: Chardonnay, Pinot Noir e Pinot Meunier. As uvas provêm de terroirs renomados como Chouilly, Vertus, Pierry e Epernay. As caves subterrâneas, datadas do século XVIII, proporcionam as condições ideais para o envelhecimento e o desenvolvimento dos champanhes.

Experimente os melhores champagnes

Champagne Mandois Brut Origine

Um champagne harmonioso e equilibrado, que combina uvas das principais sub-regiões de Champagne: Côtes de Blancs, Côte d’Epernay, Côte de Sézanne e Côtes des Bars. A composição é de 40% de Chardonnay, 30% de Pinot Noir e 30% de Pinot Meunier. O resultado é um espumante com sabores de frutas brancas maduras, mel e tostado, com um longo potencial de guarda. Os aromas são de frutas amarelas, limão e brioche.

Champagne Mandois Blanc de Blancs Premier Cru

Um champagne elegante e refinado, elaborado exclusivamente com a uva Chardonnay de vinhedos situados na Côes de Blancs e Côte d’Epernay. As vinhas têm uma idade média de 30 anos. O espumante revela notas de panificação, baunilha e flores brancas, com um toque mineral que remete ao giz.

Champagne Mandois Gran Reserva Brut Rosé

O Champagne Mandois Gran Reserva Brut Rosé é um champanhe rosé de alta qualidade, produzido com uvas selecionadas das regiões de Côtes de Blancs, Côte d’Epernay, Côte de Sézanne e Côte des Bar, onde os vinhedos têm cerca de 30 anos de idade. A composição é de 60% Pinot Noir, 30% Chardonnay e 10% Pinot Meunier, sendo que uma parte do vinho base (10%) passa por fermentação em barris de carvalho. O champanhe amadurece por 3 anos nas caves subterrâneas da Maison, datadas do século XVIII, onde adquire complexidade e elegância. O resultado é um champanhe volumoso, fresco e frutado, com aromas de frutas vermelhas como cereja, morango e romã.
Quer saber mais sobre champagne? Confira a diferença entre champanhe e espumante!